Informação é do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da cidade.

Prefeitura emitiu nota de pesar nesta segunda-feira (13).

Paciente com Covid-19 internado em UTI Giorgos Moutafis/Arquivo/Reuters Dois profissionais de saúde morreram por Covid-19 desde o início da pandemia em Juiz de Fora.

Os óbitos foram registrados pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da cidade.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, as vítimas são: Homem, de 41 anos: tinha comorbidades como doença cardiovascular crônica e morreu no dia 12 de abril; Homem, de 55 anos: morreu no dia 10 de julho e não tinha doenças pré-existentes relatadas.

Nesta segunda-feira (13), a Prefeitura emitiu um manifesto pelo falecimento dos servidores.

Veja abaixo parte dele. "Neste momento de luto, a Administração Municipal se solidariza e presta condolências à todas famílias, amigos e companheiros de trabalho que perderam seu ente querido.

O Executivo expressa o reconhecimento pelas valorosas contribuições que estes profissionais deixaram para saúde pública do Município.

A Prefeitura estende este agradecimento a todos trabalhadores que estão comprometidos na luta contra o coronavírus". Até o último Boletim Municipal, a cidade tem 83 vítimas da Covid-19, 1.624 pessoas recuperadas, 2.654 casos confirmados da doença e 10.214 notificações suspeitas. Quarentena Conforme a Plataforma de dados do Município, a cidade conta com 2.777 médicos, sendo que 116 estão em quarentena. Em relação ao número de enfermeiros, Juiz de Fora tem 791 e 39 fazem isolamento social.

Além disso, o município conta com 3.086 técnicos de enfermagem, entre os quais 101 fazem quarentena. De acordo com a Prefeitura, os profissionais de saúde, das redes pública e privada, têm acesso gratuito ao teste RT PCR - disponibilizado pelo Executivo/Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF ) - desde que apresentem pelo menos dois sintomas de síndrome gripal. *Os profissionais que cumprem a quarentena são casos confirmados ou suspeitos. Initial plugin text