Polícia investiga se há relação entre os grupos criminosos que agiam em dois barracões vizinhos às margens da Rodovia Campinas-Mogi.

Polícia fecha depósito de bebidas falsificadas e prende cinco homens em Mogi Mirim Policiais militares descobriram um esquema de desmanche de caminhões e outros de falsificação de bebidas em dois galpões localizados às margens da Rodovia Adhemar de Barros (SP-340), conhecida como Campinas-Mogi, em Mogi Mirim (SP), nesta segunda-feira (13).

Cinco pessoas foram presas. De acordo com a corporação, os policiais foram checar um barracão depois de verem três homens saindo correndo.

No local, eles descobriram o desmanche de caminhões e, diante do que encontraram, resolveram verificar o imóvel ao lado. Ainda segundo a Polícia Militar, nesse segundo galpão funcionava um esquema de falsificação de bebidas.

As cinco pessoas que estavam no local foram presas e explicaram como funcionava a adulteração.

O grupo comprava cerveja de menor qualidade, e envasava em embalagens de marcas mais conhecidas. No barracão foram apreendidas 12 mil garrafas já adulteradas, prontas para comercialização.

Segundo apurado pelos policiais, os criminosos compravam uma caixa por R$ 40, do produto de qualidade inferior, e revendiam por R$ 100 cada. Foram apreendidas ainda outras 26 mil garrafas que passariam pelo processo de adulteração.

Um caminhão estava carregado e pronto para sair do local.

Rótulos e tampinhas de marcas conhecidas também foram apreendidas. Apesar da proximidade, a polícia investiga para saber se há relação entre o desmanche e o esquema de falsificação de bebidas.

O caso foi registrado na delegacia de Mogi Mirim. Policiais militares localizaram esquema de falsificação de bebidas em barracão às margens da SP-340, em Mogi Mirim (SP) Daniel Mafra/EPTV Veja mais notícias da região no G1 Campinas