Agressão foi registrada em vídeo no início do mês (4) na RJ-158, em Itaocara.

Policiais agressores foram afastados das ruas e estão trabalhando internamente.

Vídeo mostra caminhoneiro sendo agredido por policiais em Itaocara, no RJ Os policiais militares envolvidos no caso de agressão a um caminhoneiro em Itaocara, no Noroeste Fluminense, no início deste mês, vão prestar depoimento à Polícia Civil nesta terça-feira (14), às 13h30.

Os policiais foram intimados na semana passada e serão ouvidos na delegacia do município, onde aconteceu a agressão. A violência de dois policiais foi presenciada por um outro policial que estava em uma viatura na rodovia e se omitiu frente às agressões.

Os três serão ouvidos nesta terça. Os dois policiais acusados de agressão foram afastados das ruas e estão trabalhando internamente no batalhão até que o procedimento apuratório interno seja finalizado. Relembre o caso Caminhoneiro é agredido por policiais à paisana em Itaocara, no RJ Um caminhoneiro, de 29 anos, foi agredido por policiais à paisana na RJ-158, estrada que liga a cidade de Itaocara ao distrito de Laranjais, no Noroeste Fluminense, por volta das 7h do dia 4 de julho.

A série de agressões foi flagrada em vídeo, que circulou nas redes sociais. O caminhoneiro contou que as agressões começaram depois que ele desviou de uma irregularidade na estrada, passando para outra pista.

O motorista disse que deu seta e, logo após passar pelo trecho ruim, retornou à pista pela qual seguia antes. A vítima contou que um carro de passeio pareou com o caminhão, sem que ele entendesse o que o passageiro do carro falava. Foi quando o carro acelerou e ficou à frente do caminhão dando freadas, ainda segundo o caminhoneiro.

Ele disse que viu quando o carona colocou o corpo para fora do carro e atirou para o alto.

Ele conseguiu ultrapassar o carro, mas depois foi novamente ultrapassado pelo veículo. Caminhoneiro de Campos agredido na RJ-158 presta depoimento O caminhoneiro conta ainda que os dois homens atravessaram o carro na pista, desceram com as armas nas mãos, mas ele, mais uma vez, desviou dos homens armados, porém, foi novamente ultrapassado. Veja outras notícias da região no G1 Norte Fluminense.